terça-feira, 18 de novembro de 2008

Lucros & mais lucros, vezes lucros

Cinco bancos brasileiros estão entre as instituições financeiras com os maiores lucros do continente americano, revela levantamento da empresa de consultoria Economática (1). E isso mostra a quanto chegam os juros e outras taxas que o capital financeiro impõe, nos explorando no dia-a-dia.
As primeiras posições desse ranking são dos bancos estadunidenses Wells Fargo e Bank of America. Depois dos EUA, o Brasil, com cinco bancos, o México e o Chile, cada um com dois, são os países que mais aparecem na lista.
Segue a lista dos bancos mais lucrativos (em US$ milhões), destacando em negrito os brasileiros.
Wells Fargo - 1.637
Bank of America - 1.177
Bradesco - 997,9
Banco do Brasil - 975,3
Itaú - 965,2
Goldman Sachs - 845
US Bancorp - 576
JP Morgan - 527
State Street - 477
Unibanco - 367,5
BB&T - 358
Santander Serfin - 324,1
SunTrust Banks - 312,4
Charles Schwab - 304
Bank of NY Mellon - 303
Santander Brasil - 259,5
PNC Bank - 248

(1) Os dados são da Folha Online.

8 comentários:

gauchescas disse...

Incrível como essas empresas ligadas ao capital financeiro e à especulação no "cassino" internacional estão, no fundo, no fundo, se dando bem até com e apesar da crise.

jr disse...

Estão bem os tamboretes, hem?

Jonga Olivieri disse...

Por enquanto, Ieda... por enquanto!
Mas um dia a casa cai! Afinal de contas, jogo é jogo.

Jonga Olivieri disse...

Sabe que toda vez que tenho que enfrentar alguma fila numa porra dum banco desses eu penso justamente que eles são uns verdadeiros tamboretes.

Anônimo disse...

E são tamburetes mesmo. O serviço é péssimo, as filas quilométricas. A sorte é que pagamso cada vez mais na internet e nos caixas eletrônicos senão tudo já teria pifado.
Otávio

Jonga Olivieri disse...

Caixas eletrônicos são práticos. Banco na web eu não uso nem amarrado.
Um amigo meu encontrou um hacker que deu um desfalque danado.
Está bem que não tenho dinheiro sobrando, mas o pouco que tenho me faria uma falta danada!

maria disse...

Caramba, como estão ricos esses bancos, não é mesmo? Fiquei surpresa porque o terceior, o querto e o quinto são brasileiros. Depois pula para o décimo, mas mesmo assim é muita coisa.
E vocês tem toda razaõ. Se são tão ricos deviam ter um atendimento melhor. Eu sei que o Bradesco é horrível. E sei porque tenho conta nele.

Jonga Olivieri disse...

É, Mary. Nos exploram e por isso mesmo ficam bem.