segunda-feira, 17 de maio de 2010

“Comentas” de 2ª feira

Alguem me contou que Luciana Gimenez – costumo referir a ela como a bela que se torna feia ao abrir a boca – comentou em um de seus programas que Fernando Pessoa foi “o maior poeta brasileiro” (sic). A esta altura, Drummond brilhou como o Poeta Maior português... Acima a “Bela/Feia” fazendo uma de suas típicas caretinhas no seu programa de TV.

Notícia publicada na Folha, no dia 17 último relata que as seis capitais brasileiras que possuem metrô em operação transportam por dia, apenas 11% da população, em média.
De acordo com a notícia, o índice não é mais baixo porque São Paulo os puxa para cima, ao atender 30% dos paulistanos. Belo Horizonte, que começou a construir seu metrô em 1983, transporta apenas 6,9% da população. No Rio, a segunda capital mais populosa do país, 8,9%. O menor índice é o do metrô de Teresina, 1,6%. Além das quatro cidades Recife e Brasília operam o sistema.
O texto ainda destaca que os poucos metrôs do país colecionam casos de ilegalidade, lentidão, inoperância, erros e conflitos políticos que tornam a maioria deles ineficiente. Em Fortaleza e Salvador, as obras completaram dez anos, mas nenhum passageiro foi transportado. Os projetos foram paralisados por falta de verbas, auditorias do TCU (Tribunal de Contas da União) e disputas políticas.

Uma testemunha relatou ao grupo do governo que busca restos mortais de guerrilheiros no Araguaia que corpos foram desenterrados em uma área próxima a um antigo posto militar, possivelmente em 1996, em São Geraldo do Araguaia (PA). A informação, repassada pelo ex-guia Joaquim Cilora, 79 anos, é inédita. Até então se imaginava que, caso houvesse uma operação de limpeza dos cemitérios clandestinos da ditadura militar, ela não teria chegado ao município, onde são pouco conhecidas as versões sobre sepultamentos. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.
Cilora trabalhou para os militares na década de 70 e confirmou que militares disfarçados desenterraram ossadas na região na segunda metade dos anos 90. Os corpos estariam em sepulturas próximas ao posto que as Forças Armadas instalaram no município para combater os guerrilheiros. O rio Araguaia separa São Geraldo de Xambioá (TO), onde são conhecidos os relatos de que houve uma operação de limpeza. Um dos corpos removidos em Xambioá teria sido o de Osvaldo da Costa, o Osvaldão. Morto em 1974, seu corpo teria sido enterrado na base militar.
(transcrito do Jornal do Brasil)

11 comentários:

Stela B. de Almeida disse...

Depois que lí a tradução da aula que Pierre Bourdieu proferiu para seus alunos falando sobre a ética docente passei a ter mais prudência quando tratava de considerar "os burros" e "os inteligentes" e descobri que havia uma leve discriminação quando "os burros" tinham localização: eram os feios, os pobres, os negros, as mulheres e por aí vai....( por que a GENI?, não entendi ainda...)

Muito bom dia meu caro e estimado amigo do meu amigo que virou meu amigo, suas notas sobre os desaparecidos do Araguaia são da maior importância, estou acompanhando a discussão da Lei da Anistia. Para os torturadores e fascínoras não há perdão, não podemos esquecer esta página.

Continuo achando do maior valor sua chamada para os filmes da TVBrasil, ainda não sintonizei, estava com expectativa que você comentasse o filme boliviano, não conheço ainda.

André Setaro disse...

A beleza de Luciana Gimenez me encanta e atrai, mas quando ela abre a boca fico, como por um toque de mágica, totalmente desencantado. Além do mais gosta de fazer caras e bocas para a câmera, a demonstrar seu agrado ou desagrado com o que o interlocutor está a dizer. Não é coisa de uma profissional de televisão.

Feita pela beleza e esculpida pelo dinheiro do marido, vice-presidente da Rede TV, que lá não é muito jovem assim e tem este 'fillet-mignon' na sua alcova íntima. Mas o passar do tempo, implacável, faz com que a beleza exterior por si só não seja o bastante. Para acompanhar o itinerário da existência ao lado de uma mulher é necessário que esta possua também a beleza interior.

Noutro dia, passei zappeando pelo seu 'Super Pop' e vi, estupefado, um desfile de garotas bonitas e um médico que olhava as nádegas delas para dizer se tinham ou não silicone. É este o nível de programas que se encontram nos canais abertos da televisão brasileira.

Jonga Olivieri disse...

Bom, burro(a) é burro(a). E ela só está naquela (aliás péssima) emissora porque casou com um dos donos. Dizem as más línguas "que já ia sambar quando deu o golpe". Não sou eu quem o diz, apenas repito o que ouvi 'pelaí'...
É, os 'milicos' fizeram e aconteceram. Ainda ontem estava a comentar com André que não pude cursar jornalismo porque não conseguia fazer vestibular (naquele tempo na própria faculdade) porque quando pediam o "Atestado de Bons Antecedentes", eu 'mifú'...
A questão da TV Brasil é que eles divulgam mal os filmes que vão passar, tanto no "Cine Ibermédia" quanto os filmes brasileiros de sábado à noite. A propaganda faz-se apenas por chamadas na própria TV.
Bem lembrado, estou para escrever pra lá e comentar isto.

Jonga Olivieri disse...

É o que acho tambem! A mulé é bunita, sô, mas abriu a boca é um desastre. Sempre. Teria que ter um program dublado por alguem. Mas é tão péssima que talvez ficasse com o sincro fora de tudo...
E vive de golpinhos. Primeiro foi com o Mr. Rolling Stones, e agora ao assumir com a conquista do 'vice' da emissora a sua permanência no programa que era muito bem apresentado pela Adriane Galisteu (talvez a melhor apresentadora da TV aberta) no qual permanece por razões óbvias!

Ieda Schimidt disse...

Estive ausente uns dias por problemas de força maior.
Mas olha, a gadaria que segue esta rapariga a que tu te refere é um bando de haraganos perdidos.
O próprio Mick Jagger, dizem que a 'comeu' num galinheiro de apartamento de cobertura em Nova Iorque, lugar apropriado para ela por sinal.
Mas e o Metrô de Porto Alegre, nem sequer é citado pelos paulistanos que incluiram o de Teresina, que o site Urban-Rail, talvez o mais completo do mundo, nem sequer considera como tal.
Um bando de FDP's, isto sim.

Jonga Olivieri disse...

Ô gauchita... Quando desandas a falar gauchês fica difícil até de lhe entender. Bom, vai pelo sentido...
Sei que 'Haragano' é um vento, porque tem uma churrascaria em Sampa com este nome. Até no mesmo lugar em que era o Paulino, uma pizzaria nos tempos em que morei lá.
Rapariga é um termo antigo para 'damas da noite' e 'gadaria' só pode ser o que os lusos chamam de 'malta'... Popularmente 'galera'. hehehe!

Jonga Olivieri disse...

Agora, ventos perdidos faz sentido?

Leonardo disse...

Bonitinha mas ordinária.

Joga pedra na Luci
Ela é feita pra apanhar
Ela é boa de cuspir
Ela dá pra qualquer um
Maldita Luci!...

Jonga Olivieri disse...

Esta foi 'phoda', Leonardo...

maria disse...

Esta moça (moça?) eu nem perco tempo em comentara algo sobre ela.
O metrô... Bom o de Fortaleza é uma tristeza. Quando? Toda hora prometem alguma data e pluft. Igual ao de Salvador.
E os militares estão fugindo da raia e escondendo provas em todas áreas.

Jonga Olivieri disse...

Vou dizer uma coisa pra você. Eles (os milicos) estão se pelando de medo de haver um 'revertério' quanto à anistia.