segunda-feira, 27 de outubro de 2008

O passarinho do bico grande

Esta historinha é do tempo em que os bichos falavam. Qualquer semelhança com pessoas da vida real não é mera coincidência.

Era uma vez um passarinho que tinha o bico comprido e resolveu apostar uma corrida. Só que os testes indicavam que o seu adversário tinha uma velocidade semelhante à dele, havendo assim um empate técnico.
Foi então procurado pela “bicharada” para dar uma opinião. Então ele disse: “Ah! Eu nem preciso correr muito, porque meu bico é muito comprido e vou ganhar por um nariz!”
Convencido de que isto era uma grande vantagem, começou a corrida crente que iria ganhar. Mas não contando com o chão escorregadio em que corria, pisou em falso e caiu. Levantou e tentou se recuperar, mas era tarde. Seu oponente ganhou.
Por um nariz. E dos pequenos...

9 comentários:

gauchescas disse...

Por acaso li a matéria na internet que falava sobre o comentário do Gabeira sobre o temanho do nariz.
Gostei da fábula.

Jonga Olivieri disse...

Matou a charada, Ieda!

Anônimo disse...

Impagável. E até a Ieda que não mora no Rio matou essa charada.
Otávio

jr disse...

Boa piada essa.

Jonga Olivieri disse...

É, a intenção era gozar com a cara de "Adolfinho" Gabeira.
Digo isso porque vocês podem achar absurda a tese, mas Hitler surgiu em circunstâncias semelhantes a este crápula.
Não é à toa que ele é verde. Plínio salgado também era!!!

maria disse...

Não será um pouco exagerada essa sua visão do Gabeira ?
Não acho que seja tanto assim. Até concordo que grupos mais a direita estão apoiando ele como o PSDB e o DEM, mas daí a ser um hitlerzinho!

Jonga Olivieri disse...

Veja bem, Maria, não sei se é exagero. Talvez até seja. Mas a minha repulsa ao moralismo pequeno-burguês do sr. Gabeira e as forças que o apoiaram levam-me a uma grande desconfiança de suas intenções.
Repare que todas as suas ações são exibicionistas e têm intenções de auto-promoção. Nada nele é espontâneo. É uma bicha-louca narcisista.
Só não votei no Paes porque não via nele confiabilidade. Como não vejo até hoje. Mas juro que no dia fui votar pensando se valeria a pena um voto útil (ou inútil) contra o Gabeira. Porque ele é perigoso. É como o Carlos Lacerda.
De qualquer maneira foi bom não ter ganhado. Seria tão prejudicial ao Rio quanto o foi César Mala. O outro, não fede nem cheira. É um oportunista, um carreirista, mas acredito que com o apoio dos governos federal e estadual consiga fazer alguma coisa pela cidade, hoje, jogada às traças.

Eliana BR disse...

Jonga,
Pensei que a historinha fosse uma variaçao da fabula do coelho e da tartaruga mas lendo suas respostas aos demais comentarios fiquei super surpresa. Adolfinho Gabeira? Que que é isso,companheiro? E bicha-louca? Que que isso companheiro de novo!
Que é que nos, cidadaos eleitores, temos com uma eventual bichice mesmo que louca, do candidato? So nao pode é ser "porraloca", que isso é perigoso, mas parece que nao é esse o caso, parece até, pelos seus comentarios, muito pelo contrario...
Agora, falando sério, que é que você tem de tao grave contra o deputado? Fiquei curiosissima. Explique, please.
Bises,
Eliana

Jonga Olivieri disse...

Eliana, querida. O Gabeira é uma das maiores enganações da política brasileira. Um direitista querendo ‘valorizar’ um passado que foi engolido pelo tempo. Um ‘moralista’ pequeno-burguês com um discurso que só pegou a classe média da zona sul...
Veja quem está apoiando ele? FHC e todo o PSDB composto da maior ‘canalha’ que povoou nosso cenário político nas últimas décadas.
Não podemos nos esquecer jamais que FHC foi o político que doou a Vale do Rio Doce a preço de banana (mas que embolsou uma nota preta).
Quanto à viadagem do Fernando Gabeira, ela vem de longa data. Desde o ‘biquininho’ de crochê. Uuuuiiii! Não sou ‘políticamente correto’, e não compactuo com esta hipocrisia que está por aí de dizer que o cara é isso ou aquilo para desviar do elementar. Ele é viado mesmo. E fim de papo.
Quanto a ‘Adolfinho’ é uma comparação que faço entre Hitler e ele. Pode parecer absurda, mas, creia, não está longe da realidade. Ele agora está tentando um "putch" ao propor por intermédio de suas ‘fanzinhas exaltadas’ tentar a recontagem dos votos. Que recontagem? Das urnas eletrônicas? A bichinha quer mesmo é tumultuar o meio de campo. E olha que não votei no outro, anulei meu voto porque acho os dois abomináveis...
Recebi ao longo desta campanha, dezenas de torpedos pela internet sobre o Gabeira. E quando não eram 'spams', foram-me endereçados por pessoas que considero de direita, filhos de ‘lacerdistas’, gente que nunca foi nem nunca será de esquerda. O que é isso, companheira?, digo eu!!!